Dia 245 de Janeiro 2022

 Dia 245 de Janeiro 2022.

Definitivamente quero postar pelo menos uma vez a cada mês. 
Desde que criei um blog, em 2004, o mesmo intuíto era de ter uma penseira - ainda mais agora que meu cérebro pifou de vez depois da gravidez. 

 Janeiro sempre dura tudo isso de dias ou só pra mim que ele está se arrastando? Parece que tem tanto acontecendo!

Estamos na nossa nova casinha, em uma nova cidade! Tenho vizinhos de porta tão legais (eles são um trisal!!!) e uma floresta atrás do prédio! 
A cidade me liberou uma babá duas vezes por semana e duas assistentes sociais vem aqui semanalmente pra me ajudar com... a vida. 
Eu contei no vídeo sobre ser Mãe Solo na Finlândia que de tudo que aconteceu no último ano, estar na Finlândia é a melhor parte por ter todo o suporte que não teria no Brasil. 

Minha meta de leitura de 2021 era de 101 livros - criei a meta quando não sabia ainda que estava grávida e li quase 70. 
Para 2022, a meta são 12 livros. Sendo bem realista com a demanda que tenho como criadora de conteúdo e mãe, né?

O primeiro livro de 2022 foi "O Segredo". Acho que voltarei a fazer resenhas aqui, veremos. ( Siga-me no Goodreads!

Voltei a tomar café. Capuccino pela manhã e pra dar conta de sentar no computador, um cafézinho lá pelas 5 da tarde. 

Tem nevado. Muito mesmo. Hoje quase não consegui sair com o carrinho de nenêm porque tinha neve na altura do joelho. Em todos os anos vivendo aqui nunca passei por uma nevasca dessas!
E eu finalmente coloquei uma maquiagem bonitinha e tirei uma foto minha (minha camera roll tem 98% de fotos do bebê ehe)

Teve vídeo de revelação do sexo e nome do meu bebê. Se vamos compartilhar sobre minha vida pessoal, vamos monetizá-la pelo menos né? 
Falando no bebê... O tempo passa lentamente pra mim e por sorte, posso acompanhar cada nova descoberta desse ser humaninho- ao contrário do que dizem que 'aproveita, passa rápido'

Tenho sentido tanto. Tem momentos que parece que vou explodir. 
Esse mês perdi minha vózinha. 
Essa foto foi da festa de 90 anos da dona Clarice. Ela se foi com 96 anos. Te amamos muito, vovó. 

Comecei a escrever poemas sobre ser imigrante. Euzinha escrevendo poemas contemporâneos!!! Quem diria!!!!?

Tenho mantido meu journal atualizadissimo também, preciso de uma forma de escrever tudo de mais profundo que sinto e deixar lá, sabe? 
Recentemente eu assisti a um vídeo do Clark Kegley que fala que um dos livros mais importantes que você lerá é seu próprio diário: nada melhor do que reler sua vida, acetos e erros para caminhar á melhora.

E você, o que fez com esses 245 dias de Janeiro?

You Might Also Like

0 O que você pensa

Obrigada pela visita!
Sempre respondo os comentários, visito os blogs de volta e lá, mando novamente a resposta do que foi dito aqui.

Siga também | FB Page A Bela, não a Fera|