Words | Você não está sozinha(o)

Via Weheartit.com

Noite passada ela estava sentada sozinha na cozinha, guardando a louça até que chegou o momento de guardar as facas. Seus dedos hesitaram antes de alcançar o objeto. Hesitaram de tocar o lado afiado e cortante.
E então ela pensou 'Eu poderia fazer novamente. Só mais uma vez para lembrar como é..."  percebeu o quão fácil é uma recaída. 
Além disso, percebeu quanto tempo havia passado desde sua última briga familiar, que sua mãe mostrava seus braços para o restante da família e dizia que você era a culpada de tudo. Natal de 2010. Ela lembrou das táticas que tinha em esconder os cortes, e que hoje, já não consegue esconder algumas marcas que ficaram para contar história. 
Ela lembrou quão demorado e longínqüo foi o caminho de volta do poço em que tinha se colocado. Ela lembrou de todos que passaram por sua vida, desde as antigas que já foram e as novas que cruzaram seu caminho.
Finalmente ela colocou a faca longe. Teve a recaída mentalmente mas sabia o quão forte era, quer dizer... É! Ela é muito mais forte por diversas batalhas que vem ganhando desde a última vez que colocou a lâmina distante de seu braço.
Do primeiro corte até agora, ela tem o poder e a vitória sobre essa vitória. 

You Might Also Like

11 comentários

  1. Belo texto, sei lá acho bobeira quem se corte, mesmo não sendo bobeira e sim uma coisa séria...
    Esse texto me lembrou uma música do Jay Vaquer: "... sempre que se chateava cortava os braços com gilete pra chamar á atenção. Tinha carência afetiva, achava que seus pais gostavam mais do irmão..."

    http://heyimwiththeband.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Muito bonito o texto, Bela. Nós passamos todos por coisas diferentes, mas sempre temos um ponto ao qual buscamos refúgio, embora infelizmente nem todos eles nos façam bem. No fundo, temos a força necessária para vencer todas essas batalhas diárias, até mesmo as mais difíceis. Basta que nos lembremos disso!
    Um abraço <3 48janeiros

    ResponderExcluir
  3. Ah, comentei do seu blog lá no meu blog rs <3

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/2015/07/i-dont-need-you-i-have-internet.html

    ResponderExcluir
  4. Ai que tocante esse texto... Não vou dizer que é bonito ou lindo, porque isso não é beleza, isso é uma batalha. Uma batalha que a gente tem que estar lutando 24h por dia, sem falhar, só aprendendo cada vez mais para crescer e subir ao pódio. Enfim, adorei!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  5. Bela, já elogiei você por escrever tão bem? Espero que sim! Parabéns, Bela!
    Seu texto trás realidades, mas há muitas pessoas que fazem isso para entrar na "moda". Enfim, você escreve bm!
    http://grandemetamorphose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Bela, que texto mais profundo! Estou amando seu blog de verdade.To super me identificando e tal. To com algumas coisas megas corridas, mas prometo que visitarei aqui com mais frequencia!! Beijosss

    ResponderExcluir
  7. Nem preciso dizer o quanto esse texto me tocou e emocionou até...
    A batalha mais difícil é a que travamos contra nós mesmos. No entanto é o maior triunfo do qual podemos lembrar quando a ganhamos!
    Chorei...

    Um beijo.

    http://momentosdelucidezenemtanto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Que lindo! :D
    Amei a esperança que o fim do texto trouxe. A vida é uma batalha e é incrível quando a gente consegue vencer os próprios medos e monstros.

    Um beijo,

    Algumas Observações
    Minhas Literariedades
    Teoria, Prática e Aprendizado

    ResponderExcluir
  9. Texto maravilhoso <3

    Beijos,
    https://jessica-alves2.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho uma visão bem diferente sobre cortes...
    Enfim, adorei o texto.
    www.iamcamilakellen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. pela primeira vez eu não sei o que comentar em um texto! ao mesmo tempo que achei triste, achei que ele passa uma mensagem tão linda, de que não importa o quão no fundo do poço a gente esteja o importante é buscar forças pra se reerguer, não se entregar as batalhas, não ter recaídas seja ela qual for, a vida é e sempre será feita de lutas, vitórias e derrotas e temos que ser forte para vencer essas lutas e e mais forte ainda para se reerguer das derrotas!

    www.blogamorarosa.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Sempre respondo os comentários, visito os blogs de volta e lá, mando novamente a resposta do que foi dito aqui.

Siga também | FB Page A Bela, não a Fera|