Dear Diary | I'm With The Band

10 anos que moro em São Paulo e nesse tempo eu conheci muitas bandas e cantores que escutava/escuto.
Como são muiiitas coisas guardadas no meu baú: fotos, ingressos e videos... Postarei em três partes, fechado?


Quando cheguei aqui, era o auge das bandas independentes: NxZero, Glória e Fresno eram só uns carinhas que entregavam flyers na porta da Galeria do Rock.

O que são flyers:
Esses Panfletos com as bandas que tocarão.

Meu primeiro show, assim que cheguei em São Paulo
São Paulo foi e sempre será palco para bandas underground - independentes. Aquelas bandas que têm que vender ingressos pra conseguir tocar em um show, que carregam os instrumentos nas costas, ou seja, as que não chegam ao estrelato tão facilmente.
Depois desse primeiro show, eu nunca mais parei, e aos poucos fui fazendo contatos aqui e ali e comecei a ter vantagens. HAHAH
Já tenho 10 anos de shows aqui, entre bandas pequenas e grandes e internacionais.
Tento lembrar da maior parte mas não consigo - sorry, fui uma adolescente rebelde e saia pra beber, normalmente esquecia do que acontecia ao acordar. 
     Alesana, 2007
Perdi a maior parte das fotos do show porque meu pc pifou T_T 2008

Os dois primeiros shows gringos que fui, não poderia deixar de ser, se não, minhas bandas preferidas da juventude e até hoje: Alesana, The Used e My Chemical Romance. 

No mesmo dia do show do Alesana, eu fui em um 'passeio da escola' pro Museu da Língua Portuguesa e de lá... Direto pra Augusta. Nesse dia foi tudo loucura: o lugar é pequeno, os caras passaram por mim, eu apertei a bunda do baterista. kkk 

No The Used, mó galera dormiu na porta um dia antes mas me recusei a fazer isso porque era um lugar perigoso. Ao chegar, fui andando pela fila e encontrei conhecidos, acabei entrando na fila bem no começo. Assisti o show bem de longe e aí começou o drama de odiar shows em lugares grandes. Mais pra frente explico porque. 

No MCR, rolou parada de dormir um dia antes na porta, e um dia depois -que teria um segundo show ( e até hoje não me perdoo por não ter ficado uma horinha a mais na porta porque deram ingressos, para lotar a casa, para os que estavam lá fora ¬¬)
Fila do show do MCR
Eu tinha fakes (vidas falsas, criadas na internet para meio de interação) e nisso criei um circulo social com bastante meninas por São Paulo. Á partir daí comecei a ser chamada para altos rolês.
Lembro de uma vez estar na Tribe House (extinta casa de show kk) e do nada encontrei um pessoal de uma banda que eu conhecia de Osasco e eles me arrastam pra um show da antiga banda do Fiuk, acho que era Hori+. O mesmo pessoal dessa banda de Osasco já me arrastaram em show do Matanza e do Dance of Days. Tudo free :D Pena não ter tantas fotos dessa época guardadas.
 Fui de vip e ainda apareci lá no fundo kk
 
Por 2 anos seguidos fui ao show do McFLy: no primeiro ano cheguei a ficar na porta do hotel deles, minha amiga fez amizade com a banda de abertura- Brekout, eu acho ( eles chamaram ela pra entrar no hotel s.o.s - só ela. Ok, eu entendo, eu era bem feia na época kkk ). ENTREI NO HOTEL porque um gringo que estava hospedado lá chamou nós pra entrar mas como todo mundo era menos de idade... O povo do hotel pôs pra fora. PORÉM quando estávamos descendo o elevador: O Harry e o Doug estavam no mesmo elevador <3 Só consegui abraçar e chorar. Mesmo assim fomos colocadas pra fora, dormimos no relento e no outro dia... Teríamos o show pra surtar. Eu lembro de cada momento <3
Os meninos da banda Breakout kkk 
O gringo que nos colocou dentro do Hotel kkk - hoje em dia eu penso que poderíamos ter sido mortas. Olha a cara de homem bomba dele. 
No ano seguinte, a abertura seria do Cine. NA-DA A VER. Juro, tanta boa no underground e os caras colocam algo que o público não é o mesmo mas como dormimos na porta e conseguimos ingresso promocional HAHAHA R$1... Valeu Grade e ficar bem pertinho. 
Cada vez que eu abro meu baú de coisas... Parece que tem mais e mais lembranças. 

Continuei minha vida indo aos shows periódicos de bandas daqui de Sampa que eu gostava e os shows do Alesana, que estavam acontecendo uma vez por ano.
Essa foto com o Tim Lambessis rolou muita coisa depois.
Então, descobri uma sessão de autografos na galeria do rock do As I Lay Dying, fui, linda e pomposa... Consegui meu ingresso. Na hora que eles estavam saindo, pedi pro Tim tirar uma foto comigo e o segurança me empurrou. O Tim empurrou o segurança, pegou a camera da minha mão e tirou a foto. Não bastar isso, eles entraram na van e o cara que tava com eles aqui perguntou se eu não podia passar o celular, que ele ligava mais tarde pra eu encontrar eles na Augusta. Eu fiquei meio o_Ô Passei o número. Como de costume, eu ia pra Augusta mesmo, no meio da noite meu celular toca e o cara fala que eles estavam em um bar X. Fui até lá. Todo mundo bebendo e na época, o Tim era StraitEdge, fiquei cabreira quando ele pediu pra eu ir com ele comprar cigarros... Virando a rua ele me deu um BEIJO. Eu não entendo/acredito nisso até agora. Eu era estranha, feia, gorda e nova. Mas foi algo divertido. Até uns anos atrás, quando ele FOI PRESO POR MANDAR MATAR A MULHER DELE. 
Teve a MINI-TOUR do Eyes Set To Kill : Santos, São Paulo, Osasco e Campinas. E lá foi a Isabela apaixonada pelo Branden atrás. Dei um anel pra ele e ele usou todos os dias. 

Eu entreguei uma carta pra cada um, em agradecimento. Cheguei a ter banda Cover deles de tanto que eu gostava e esses shows foram impagáveis. 
Teve meeting no shopping que ninguém falava nada porque não sabiam se comunicar em inglês com eles. Teve show no Hangar 110 que eu colei um rótulo de Cerveja no peito do Caleb e fiz minha amiga dar um selinho nele. Teve o show de Osasco que encheram o Greg de 51 e ele me deu um selinho e o rolê de Campinas, que o Branden tava doentasso mas me dava altos abraços. Foi muito amor todos esses dias com eles. Ano passado teve show mas pra mim... Perdeu a essência quando todo mundo começou a sair da banda. 

 Gente, eu sou a doida do Twitter e recebi mensagens do Jeph (The Used) e do Mike Baley do seriado Skins. Foram dias de glória kkkk Fora que eu trocava mil ideias com o Tico Santa Cruz. Bons tempos. HAHAHAHA
Vou resumir os últimos 5 anos no próximo post, que tal? 
Fiquem ligados!

You Might Also Like

18 O que você pensa

  1. que legal esse post! bom de guardar flyer e ingressos é relembrar né?

    www.blogamorarosa.com

    ResponderExcluir
  2. HAHAHA adorei saber das suas experiências nessa louca vida do rock #groupiefeeling
    Eu também tenho uma caixa de lembranças onde eu guardo flyers, ingressos, palhetas e todas essas coisas <3 Só quem é fã entende cada loucura que a gente faz né? E é nessas loucuras que acabamos vivendo as melhores coisas! Muito legal o post :)

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só maluquice! Tem mais dois posts pra sair. Fica só de olho!

      Excluir
  3. Olá Bela!!!
    Lembranças assim não tem preço, você deve ter tanta história pra contar que um post só é muito pouco!!!
    Olha, tentei participar da promoção, mas não tenho Twitter, então honestamente não sei se rolou até o final, pois eu empaquei por lá...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Beijo!!!! =)

    ResponderExcluir
  4. Nossa que história linda, ser beijada assim *_________*
    Tu viveu um sonho mulher, e olha eu também guardo incontáveis lembrancinhas, não fui em tantos shows quanto você, mas fui em vários, guado meus pacotes de experiencia rsrsrs
    E é delicioso poder lembrar d tudo, é maravilhoso isso tudo.
    E viva ao HC***
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
  5. super bacana conhecer mais sobre sua experiencias com bandas etc, eu tive uma adolescencia e parte da minha vida adulta bem rock'n roll tbm parecida com a sua...gostei de vc ter compartilhado com a gente

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. também tenho uma caixinha cheia de tralhas de concertos :) também já vi os MCR ao vivo e adoroooo os The Used. Que inveja (saudável) :)

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Que legal! Adoro essas coisas de show e tudo o mais. Seu post ficou ótimo! Beijos.

    www.diariosmolhadoss.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Caraca que irado.
    Tem muita história pra contar né?!
    Tantos shows, eu fui em pouquíssimos tipo um ou 2 na minha vida.. rs
    Beijos!

    Blog Pam Lepletier

    ResponderExcluir
  9. Bela....quanta coisa guria!!!
    to passada heim...vc foi bem porreta hauhauhuaha
    Mas essas lembranças são boas, né.
    Já ouvi muito MCR =D
    Beijos.
    Blog GuriasGata

    ResponderExcluir
  10. Ameii o post nostálgico, tão bom relembrar os velhos tempos e fazer uma linha do tempo com o nosso crescimento, amei!
    Blog da Joanna

    ResponderExcluir
  11. Caraca, eu adoro ver memorabília das pessoas, lembranças são legais demais! Contam um pouco sobre a gente! Adorei!

    Beijos,
    Grazy
    www.parolar.blog.br

    ResponderExcluir
  12. Meniina, vc era louca por essas bandas mesmo hein haha. Época boa essa, também guardo muito essas coisas de shows, adoro! :)

    beijo
    www.belatriz.info

    ResponderExcluir
  13. Nossa Bela quantas histórias meninas e que babado esse com o Tim do As I Lay Dying que isso! Bjs

    De Coturno & Spikes

    ResponderExcluir
  14. Não posso acreditar que você estava no mesmo elevador que o Poynter e o Judd! Cara, você é sortuda demais e imagino que você lembre de tudo como se fosse ontem, né?
    Adorei o post. Deu para ficar com inveja de você haha

    Beijos,
    Bi.

    - www.naogostodeunicornios.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Bela!!!
    Como é bom guardar coisas que nos trazem boas lembranças né? Eu sou muito assim também.
    Estou de queixo caído ao saber que você esteve no mesmo elevador que o Harry e o Doug!
    Bjsss

    http://zipereblush.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  16. Muito legal! É bom ter estas experiências e histórias pra contar. As vezes um pequeno detalhe, mas que fica marcado!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Sempre respondo os comentários, visito os blogs de volta e lá, mando novamente a resposta do que foi dito aqui.

Siga também | FB Page A Bela, não a Fera|