Negando as aparências, disfarçando as evidências.



Pense que você é muito mais esperto do que a pobre maldita lunática aqui. Não me importo.
Mas pense nisso: Você é uma coisa morta, assim como eu. 
Você morreu e renasceu... Dessa forma, o que faz com que você e eu sejamos diferentes? 
Simples - Eu me lembro de tudo o que vi quando estava completa e verdadeiramente morta.
Você também seria louco.
                                                                                (21/08/2009)

You Might Also Like

14 comentários

  1. OI Bela, que texto incrível, realmente mostra a verdade de muitas pessoas, eu gostei bastante afinal, muitos escondem as evidencias né, fazer oque, mais trocando de assunto foi você que fez o texto, se for ta de parabéns, continue assim ;)
    Abraços

    http://www.pedrosanttos.com/

    ResponderExcluir
  2. O____O da onde esse texto? Parece o começo de um livro de terror/ficção... adorei! Eu com certeza leria esse livro. Um beijão

    www.eunomadiando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu escrevo essas coisas malucas em momentos mais malucos ainda de inspiração! Acredite. HSIUHAUHAUISHUI

      Excluir
  3. Que texto sombrio, você curte essas coisas né? rs

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. UAU tapa na cara nessa sexta feira hein!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  5. Estou pensando. Estou mesmo analisando seu texto pra chegar à uma conclusão... Que legal viajar nas tuas palavras, Bela. Parabéns!
    Beijos
    www.rockandrose.com.br

    ResponderExcluir
  6. Aaaa, completou meu dia haha
    www.iamcamilakellen.blogspot.com
    www.facebook.com/c/camilakelleniam

    ResponderExcluir
  7. Gostei do texto. Meio dark assim, mas eu gostei bastante. <3

    [N]ayh's Wonderland

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Sempre respondo os comentários, visito os blogs de volta e lá, mando novamente a resposta do que foi dito aqui.

Siga também | FB Page A Bela, não a Fera|